Edit Template

AKA regressa com mais duas medalhas

A Associação de Karate dos Açores (AKA) regressa do Porto com mais duas medalhas de bronze, depois de ter estado a competir, no passado Sábado, no Open Karate Kids Valongo.
Carolina Moniz, da Academia de Karate de Vila Franca do Campo (AKFVC), e Frederico Laranjeira, do Clube de Karate-do Shotokan de Angra do Heroísmo (CKSAH), arrecadaram ambos o terceiro lugar na vertente de kumite (combate) -50kg, em juvenis femininos e masculinos, respectivamente.
Destaque ainda, em Kata (forma), para Martim Ferreira, do CKSAH, Matilde Pacheco, do Clube de Karate Shotokan da Povoação (CKSP), e, em ambas as disciplinas, para Clara Antunes, também do CKSAH, que disputaram o bronze mas que, ao perderem, terminaram a sua participação na quinta posição (não existe quarto lugar nesta competição).
De referir o elevado número de jogos disputados pelos karatecas açorianos que, embora sem alcançar o pódio, conseguiram ultrapassar diversas eliminatórias, como foi o caso dos infantis masculinos Vicente Lima (sete jogos) e Mateus Pimentel (cinco jogos), ambos do CKSAH.
O Open Karate Kids Valongo é uma prova aberta a todos os clubes portugueses e reuniu, este ano, mais de 600 inscrições de 51 instituições desportivas.
A comitiva da AKA foi composta por 19 jovens competidores, entre os oito e os 13 anos, alguns dos quais estreantes numa prova de âmbito nacional: Carolina Moniz (AKVFC), Laura Pacheco, Marcos Sousa, Matilde Pacheco, Tiago Botelho e Vicente Furtado (CKSP), Clara Antunes, Carminho Laranjeira, Duarte Rico, Frederico Laranjeira, Henrique Silva, Inês Barbosa, João Costa, Maria Lima, Mariana Pires, Martim Ferreira, Mateus Pimentel, Pedro Costa e Vicente Lima (CKSAH). Acompanharam a equipa açoriana: Afonso Costa, André Garcia, Célia Machado, César Pires, João Castro, Lídia Mendonça, Nuno Mendonça e Rosária Pimentel.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores