Edit Template

Município de Vila do Porto investiu 745 mil euros na área ambiental no ano 2023 em áreas prioritárias como o abastecimento de água, resíduos e alterações climáticas

Segundo a Presidente do município, este é um sector preponderante para o desenvolvimento do concelho, com implicações directas na vida de todos os munícipes, motivo pelo qual continua a ser uma prioridade no corrente ano.
No que diz respeito à área de abastecimento de água, destaca-se a reparação da rede de águas do concelho e a aquisição de contadores, telemetria, electrobombas e de bombas para furas, num valor que ascende os 220 mil euros.
Relativamente à área dos resíduos, enumeram-se um conjunto de investimentos de grande relevância: aquisição de contentores e papeleiras (172 mil euros), aquisição de viatura para recolha selectiva (108 mil euros), aquisição de papeleiras de recolha de dejectos caninos e bebedouros (37 mil euros), aquisição de um camião grupa para recolha de contentores (166 mil euros).
Ainda nesta área, destaque para a campanha “Juntos a Separar para Santa Maria Valorizar”, com acções de sensibilização no terreno para o sistema de recolha de resíduos porta a porta, que, abrange toda a freguesia de Vila do Porto.
Nota ainda para a elaboração do Plano Municipal de Acção Climática, com um investimento em cerca de 42 mil euros, revestindo-se de um importante instrumento de gestão territorial, possibilitando que o Município possa tomar medidas adequadas para prevenir ou minimizar esses impactos e assegurar um desenvolvimento resiliente e sustentável do concelho.
Esta é também uma medida necessária face às obrigações da Lei de Bases do Clima, que veio estabelecer que, até Janeiro de 2024, os municípios fossem detentores de um Plano Municipal de Acção Climática, com a natureza de plano de acção das políticas climáticas no âmbito local.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores