Edit Template

Congresso Internacional de Educação, Psicologiae Neurociências vai debater o “impacto das tecnologias no cérebro da criança e do jovem”

O certame tem por objectivo envolver um amplo espectro de profissionais e interessados nesta temática e contará com momentos de interacção e networking, com o intuito de estimular a partilha de conhecimentos e experiências entre os participantes.

O SINAPSES – Congresso Internacional de Educação, Psicologia e Neurociências decorrerá nos dias 4 e 5 de Abril, em duas modalidades, online e presencial, no Centro Municipal de Formação e Animação Cultural de Vila Franca do Campo. O evento, cujo tema central é “o impacto das tecnologias no cérebro da criança e do jovem!”, será composto por palestras, conferências, mesas redondas, seminários e oficinas, e contará com prelectores de renome nacional e internacional, todos com vasta experiência nas áreas abordadas.
Para Flávio Pacheco, Presidente do Congresso, o SINAPSES “representa um momento educacional abrangente.”

Evento idealizado pelo Centro
de ATL de São Pedro

Este congresso destina-se a diversos profissionais, incluindo educadores de infância, professores, técnicos de apoio à infância, psicólogos, sociólogos e ajudantes de educação, tanto das escolas públicas quanto das Instituições Particulares de Solidariedade Social (I.P.S.S.) e Santas Casas da Misericórdia. Além disso, alunos de universidades e escolas profissionais, pais, encarregados de educação e o público em geral são bem-vindos a participar do SINAPSES.
Na oitava edição, este evento, “idealizado pelo Centro de Actividades de Tempos Livres de São Pedro, uma valência sõcio-educativa da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo, tem como objectivo principal dotar os participantes de competências inter e trans-disciplinares nas áreas de Educação, Psicologia e Neurociências, de acordo com os princípios formativos da instituição”, explica Flávio Pacheco, também Coordenador de Formação da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca do Campo.

Prelectores Sinapses 2024

São quatro os prelectores que marcam lugar nesta edição de 2024, designadamente Angela Pasqualotto, psicóloga clínica, com doutoramento em Ciências Cognitivas; Ana Maria Abreu, Docente e Investigadora no Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa, doutorada em Cérebro, Comportamento e Cognição; Ana Cláudia Loureiro, docente pela Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança com pós-doutoramento na área das Competências Digitais; e Carlos Neto, professor Catedrático da Faculdade de Motricidade Humana (FMH) da Universidade de Lisboa e um dos maiores especialistas mundiais na área da brincadeira e do jogo e da sua importância para as crianças.
O evento propõe-se a explorar os desafios e as oportunidades trazidos pela era digital no contexto do desenvolvimento cognitivo, mental e social das crianças.
A conferência abordará várias temáticas, desde os potenciais benefícios educacionais dos videojogos até às preocupações sobre o uso excessivo de dispositivos digitais por parte das crianças. Além disso, serão discutidas estratégias para integrar a tecnologia de forma eficaz no ambiente educacional, visando o crescimento saudável e equilibrado das novas gerações.
Com o propósito de envolver um amplo espectro de profissionais e interessados nesta temática, a conferência também contará com momentos de interacção e networking, com o intuito de estimular a partilha de conhecimentos e experiências entre os participantes.

Evento prevê participação de 160 participantes

Segundo o responsável pela organização do congresso, “tendo consolidado a sua presença a nível regional, nacional e internacional, tornando-se uma referência formativa no Concelho de Vila Franca do Campo”, o congresso espera atrair 160 participantes dos Açores, Madeira, Portugal continental e de outros países, “à semelhança do que ocorreu nos anos anteriores.”
Está prevista, ainda, a submissão do evento à Direcção Regional da Educação, Secretaria Regional da Educação, com o objectivo de obter acreditação para os docentes participantes.”
D.C.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores