Edit Template

Janeiro foi um mês quente em São Miguel e Santa Maria

No mês de Janeiro o Anticiclone Subtropical do Atlântico Norte (ASAN) esteve em média centrado a E dos Açores e sobre o Estreito de Gibraltar.
O IPMA salienta, neste período, três períodos de tempo severo associadas à corrente perturbada de oeste: no período de 5 a 8, um vale frontal provocou precipitação no Grupo Ocidental.
No período de 10 a 15 de Janeiro, uma depressão cavada (tempestade Hipólito) provocou precipitação forte e vento forte (vento máximo registado na rede do IPMA e na rede hidrometeorológica dos Açores: 108 km/h (S. Miguel/Monte Escuro); 109 km/h (S. Miguel/Salga); 111 km/h (S. Miguel/Lagoa do Fogo); 115 km/h (S. Jorge/Pico do Alandroal); 122 km/h (Terceira/Santa Bárbara); 123 km/h (Pico/ Lombo do Cárcere); 139 km/h (S. Miguel/Pico dos Santos de Cima) e 212,4 km/h (Flores/Morro Alto).
Na sequência da passagem da tempestade Hipólito, um dos aerogeradores do Parque Eólico dos Graminhais em S. Miguel ficou gravemente danificado (segundo informação da EDA Renováveis, S.A.).
Noo período de 23 a 29 de Janeiro, uma superfície frontal fria seguida de um vale frontal, provocou precipitação forte, especialmente no grupo Oriental.
A temperatura da água do mar à superfície em Janeiro apresentou no inicio valores médios de 17 a 18°C (grupos Ocidental e Central) e 18 a 19°C (grupo Oriental), diminuindo gradualmente para 17°C e para 17 a 18°C no final do mês.
O campo da temperatura da superfície da água do mar na região dos Açores apresentou anomalias positivas até 0,8°C nos grupos Ocidental e Central e 0,8 a 1,6°C no Oriental (São Miguel e Santa Maria).
O estado do mar no mês de Janeiro caracterizou-se por ondas médias de 2 a 2,5 metros de noroeste nos grupos Ocidental e Central e de oeste no Grupo Oriental, passando gradualmente a nordeste a partir do dia 21.
Entre os dias 7 e 11, a altura significativa das ondas atingiu 4 a 5 metros no Grupo Ocidental e 3 a 4 metros nos grupos Central e Oriental.
Com excepção das estações do Corvo e Angra do Heroísmo, os desvios registados superaram o quarto quintil das respectivas distribuições, significando que Janeiro foi um mês muito chuvoso . O maior desvio relativo ocorreu em Santa Maria (252%) e o menor nas Flores (16 %).
Em termos de temperatura do ar, nas estações de S. Miguel e Santa Maria (ilhas do grupo Oriental), os desvios da temperatura superaram um desvio padrão das respectivas distribuições, significando que Janeiro foi um mês quente nestas ilhas.

Edit Template
Notícias Recentes
“Câmara Municipal de Ponta Delgada deixou praticamente de investir na vila das Capelas nos últimos anos”, afirma Manuel Cardoso
“Sou um bocadinho vulcão dos Açores e as minhas equipas reflectem essa personalidade,”assume a treinadora do Sporting, Mariana Cabral
Marcha com mais de 100 marchantes jovens promete hoje muita “brincadeira e diversão” nas Festas do São João da Vila
“Estas ilhas oferecem-nos sensibilidade, alegria, amor e dádiva que nenhum outro lugar do mundo oferece,” afirma António Rego
Maycon Melo veio de Mato Grosso no Brasil para os Açores para fazer do sushi a sua vida
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores