Edit Template

Ponta Delgada com aumento de 150% em insolvências nos primeiros dois meses do ano

Ponta Delgada aumentou o número de insolvências em 150% nos primeiros dois meses do ano face ao período homólogo do ano passado, de acordo com os dados comunicados pela Iberinform.
Entre todos os distritos e as principais cidades das Regiões Autónomas, Ponta Delgada apenas fica atrás de Bragança e Castelo Branco, ambas com um acréscimo de 400% face ao mesmo período do ano passado. Angra do Heroísmo foi o 10.º com maior subida neste indicador, com 33%, juntamente com Santarém.
Até final de Fevereiro foram registadas 822 insolvências, mais 272 que no mesmo período do ano passado, o que se traduz num incremento de 50%. Os distritos de Lisboa e do Porto são o que apresentam o valor absoluto mais elevado, com totais de 190 e 227 insolvências, respectivamente. Face a 2023, verifica-se um incremento de 47% em Lisboa e de mais de 122% no distrito do Porto.
Na constituição de novas empresas, Horta é a cidade do país que apresenta uma maior subida nos primeiros dois meses do ano face ao período homólogo do ano passado, com mais 93%. Angra do Heroísmo apresenta uma subida de 13%, enquanto Ponta Delgada tem uma descida de 8,5%. As constituições baixaram 4,7% no acumulado dos primeiros dois meses deste ano face ao período homólogo de 2023, decrescendo de um total de 10.137 para 9.661, menos 476 novas empresas constituídas. O distrito de Lisboa lidera o ranking distrital de constituições com 2.928 novas empresas constituídas até final de Fevereiro de 2024, menos 13% que em 2023. O Porto, com 1.709 novas empresas, surge na segunda posição, com um incremento de 3,9% no comparativo.

F.T.

Edit Template
Notícias Recentes
“Câmara Municipal de Ponta Delgada deixou praticamente de investir na vila das Capelas nos últimos anos”, afirma Manuel Cardoso
“Sou um bocadinho vulcão dos Açores e as minhas equipas reflectem essa personalidade,”assume a treinadora do Sporting, Mariana Cabral
Marcha com mais de 100 marchantes jovens promete hoje muita “brincadeira e diversão” nas Festas do São João da Vila
“Estas ilhas oferecem-nos sensibilidade, alegria, amor e dádiva que nenhum outro lugar do mundo oferece,” afirma António Rego
Maycon Melo veio de Mato Grosso no Brasil para os Açores para fazer do sushi a sua vida
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores