Edit Template

Emanuel Simão é o novo treinador do Lajense

Mudança: João Abel Cruz deixou o comando técnico do Lajense. Emanuel Simão é o novo treinador e promete lutar pelo título até ao fim.

O técnico de 47 anos de idade, que estava sem clube (treinou o Desportivo de São Roque na última época desportiva), chegou a acordo com a Direcção do Lajense na passada Terça-feira.
João Abel Cruz, que exercia a funções de treinador do Lajense desde do início da época de 2022/2023, em acumulação com a tarefa de coordenador do Departamento de Formação dos “amarelos” das Lajes, deixa de exercer o cargo.
O Presidente do Lajense, Paulo Aguiar, justificou a decisão da mudança de treinador com os maus resultados obtidos pela equipa nas últimas jornadas que fazem com que o objectivo da conquista do título do Campeonato de Futebol dos Açores esteja agora mais longe, uma vez que o Operário ampliou a vantagem para cinco pontos no passado Domingo. “Entendemos que era preciso mudar de treinador e tomamos essa decisão devido aos resultados”, confessou.
Paulo Aguiar considerou que a mudança de treinador, a seis jornadas do final do Campeonato de Futebol dos Açores, deverá permitir ao Lajense “alcançar o objectivo que nos propusemos que é sermos campeões” e assegurou que não estão previstas mudanças no plantel.

Emanuel Simão: “Acreditar”

Em declarações ao Diário Insular, Emanuel Simão referiu que a decisão fazer a primeira experiência como treinador fora de São Miguel deveu-se “à paixão que tenho pelo futebol”.
Nesse âmbito, Emanuel Simão realçou “a forma como fui abordado por parte da Direcção do Lajense que demonstrou muito empenho em que eu viesse para o clube”. Apesar da diferença de cinco pontos que separam o Lajense do Operário, Emanuel Simão acredita que é possível chegar ao título do Campeonato dos Açores.
“Temos de ganhar os seis jogos que faltam e esperar que o Operário não o consiga fazer, o que será difícil porque têm uma boa equipa. Vamos entrar sempre em campo com o objectivo de vencer e lutar em cada jogo como se fosse o mais importante”, afirmou.

João Abel Cruz: “Dedicação”

Numa mensagem publicada nas redes sociais, João Abel Cruz assinala o fim da sua ligação como treinador do Lajense.
“No futebol o que hoje é verdade, amanhã torna-se mentira. Passa-se de bestial a besta num piscar de olhos. No final o que conta é deitar-se na cama com a consciência que tudo se fez com o máximo de entrega, profissionalismo e dedicação”, escreveu. João Abel Cruz agradece à equipa técnica, dirigentes e equipa médica e departamento de formação e assinala que dos 17 jogos oficiais desta época, o Lajense venceu 12, empatou três e perdeu dois.

Edit Template
Notícias Recentes
“Câmara Municipal de Ponta Delgada deixou praticamente de investir na vila das Capelas nos últimos anos”, afirma Manuel Cardoso
“Sou um bocadinho vulcão dos Açores e as minhas equipas reflectem essa personalidade,”assume a treinadora do Sporting, Mariana Cabral
Marcha com mais de 100 marchantes jovens promete hoje muita “brincadeira e diversão” nas Festas do São João da Vila
“Estas ilhas oferecem-nos sensibilidade, alegria, amor e dádiva que nenhum outro lugar do mundo oferece,” afirma António Rego
Maycon Melo veio de Mato Grosso no Brasil para os Açores para fazer do sushi a sua vida
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores