Edit Template

Projectos de beneficiação da baía de Santa Cruz da Lagoa expostos amanhã durante a inauguração do edifício de apoio à zona balnear

Realiza-se amanhã, pelas 11h30, a cerimónia de inauguração do edifício de apoio à zona balnear da Baía de Santa Cruz, com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, do Executivo camarário e de todas as empresas/entidades e pessoas que estiveram directamente envolvidas com a realização da obra. A obra ficou a cargo do empreiteiro Caetano & Medeiros, sendo que, o valor total da empreitada foi orçado em 347.737,72 de euros tendo tido um financiamento pelo PO2020 de 227.062,57 de euros.
Esta obra consistiu na criação de um espaço multifuncional, que integrará um snack bar, uma sala multifuncional, uma arrecadação de apoio à actividade balnear; balneários e sanitários.
O projecto deste edifício surgiu da “necessidade” de dar apoio a um espaço de jardim e área balnear com características únicas, nomeadamente com as áreas de acesso ao mar e pelo seu património natural, cultural e enquadramento paisagístico. Este projecto foi considerado como acção de interesse público, conforme publicado a 12 de Maio de 2021, no Jornal Oficial da Região. “Efectivamente”, refere a Câmara Municipal, este espaço “estava desvalorizado”. No entanto, com a beneficiação que a autarquia tem realizado em toda aquela zona, o espaço foi “dignificado, permitindo aos munícipes e turistas uma nova zona de lazer”. Anteriormente, a requalificação urbana do local, em termos de arquitectura e de paisagismo, consistiu na criação de um jardim com vegetação endémica e nativa dos Açores, da inserção de mobiliário e de iluminação urbana.
No que diz respeito ao edifício, este resulta do compromisso de integração com a paisagem e identidade do local, respeitando a sua envolvente, estando, assim, o volume integrado na baía, rodeado por espaços verdes com um enquadramento paisagístico, único e singular na ilha de São Miguel.
Esta construção traduz-se na criação de um edifício, onde toda a comunidade poderá usufruir de uma arrecadação, balneários e uma sala multifuncional, que poderá albergar actividades lúdicas, pedagógicas, exposições, que dará, assim, apoio a actividades que se realizem na Baía de Santa Cruz, nomeadamente para albergar a vida social, náutica e balnear, das zonas costeiras. Foi, igualmente, criado um espaço de snack-bar, que se estende numa esplanada virada para o mar e para a Poça da Ralhoa.
De salientar que, a Baía de Santa Cruz, onde se insere a área de implantação do edifício, é qualificada no plano de ordenamento da orla costeira, como área natural, cultural, balnear e simultaneamente, como área edificada.
Segundo apurou o Correio dos Açores, durante a cerimónia de inauguração do edifício, vão estar expostos os projectos apresentados para beneficiação da ampla e estratégica baía litoral de Santa Cruz, sendo indicado, então, qual o projecto vencedor.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores