Edit Template

“O modelo clássico em que se alicerça o negócio da comunicação social está esgotado”, diz Paulo Simões

O deputado do PSD/Açores e antigo Director do Açoriano Oriental, Paulo Simões, congratulou o Governo Regional pela criação de soluções com vista a salvar a comunicação social açoriana da situação que está a atravessar.
“É com profundo agrado que vemos o Executivo Regional dedicar particular atenção à comunicação social açoriana e, mais do que mostrar preocupação, a revelar soluções que podem efectivamente contribuir para a sustentabilidade dos jornais e rádios que alimentam a liberdade, a democracia e a autonomia das nossas nove ilhas”, afirmou.
Paulo Simões, que falava no debate do Programa do XIV Governo Regional, considerou que as soluções assentes num “quadro legislativo de apoio financeiro transparente e objectivo, garantem a estabilidade e previsibilidade aos órgãos de comunicação social regionais sem que abdiquem da sua independência editorial”.
Segundo o parlamentar social-democrata, as respostas passam igualmente pela “revisão do número de assinaturas de jornais e plataformas online, da publicação da publicidade institucional, exemplos que configuram soluções objectivas e concretizáveis no apoio à comunicação social”.
O deputado sublinhou que “o modelo clássico em que se alicerça o negócio da comunicação social está esgotado”, assistindo-se ao “definhar de muitos jornais e rádios nos Açores, ao longo dos últimos anos”.
“Se nada for feito, corremos vários riscos, desde logo, de termos jornais e rádios a fecharem as portas ou definharem ao ponto de apenas sobreviverem como repositório de informação veiculada por terceiros”, advertiu.
Paulo Simões prosseguiu a sua intervenção alertando também “para o risco ainda maior de ver cair em mãos pouco escrupulosas jornais e rádios das nossas ilhas ao serviço de interesses incompatíveis com a liberdade de imprensa que todos devemos defender. Doa a quem doer”.
“É, pois, com profundo agrado que vemos a atenção e preocupação deste Governo em resolver esta matéria essencial para a sobrevivência dos media açorianos”, concluiu.

Edit Template
Notícias Recentes
Mulheres em situação de sem-abrigo em São Miguel estão “em profundo sofrimento psicológico pela situação em que vivem”
Sónia Melo distinguida com o Prémio Cinco Estrelas Regiões na categoria chef privada
“O folclore é sempre o parente mais pobre da cultura”, afirma Filomena Loura, Presidente do Grupo Folclórico da Lomba do Cavaleiro
Tem crescido o número de caravelas-portuguesas avistadas nas zonas balneares do continente e Açores
Comunidade açoriana de Rhode Island apela a David Neeleman para a Breeze Airways fazer voos directos para os Açores
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores