Edit Template

“Saber cozinhar é uma habilidade que melhora com a prática…”

No Mercado Municipal da Ribeira Grande surge o Boteco do Miguel, uma pizaria que atrai muitos visitantes.

O senhor Miguel, como é conhecido, é Armando Miguel Silva Ferreira, de 54 anos de idade e é empresário em nome individual há 36 anos.
O nosso entrevistado foi com os pais para o Canadá quando tinha apenas três anos de idade. Apesar de estarem emigrados, sempre, que podiam, regressavam no Verão, a São Miguel, mas após a crise internacional de 1993 decidiram voltar em definitivo.
Miguel regressou quando tinha 23 anos de idade, mas antes da pizaria fez de tudo um pouco, ou seja, trabalhou na construção civil e manobrou, inclusivamente, máquinas escavadoras, tendo dado o seu contributo na construção na auto-estrada, que faz a ligação até concelho do Nordeste.
Diz-se “curioso” para não depender de ninguém, tendo também trabalhado numa oficina de mecânica no Canadá. “Com 14 anos de idade comecei a trabalhar numa oficina de mecânica e também servia combustíveis, em Toronto. Mais tarde, aprendi a reparar alternadores e motores de arranque, como também verificar o estado dos travões e efectuar mudança de óleo”. Assim, hoje em dia, ele é que faz a maior parte das reparações no seu veículo automóvel.
Miguel é natural da freguesia da Conceição, do concelho da Ribeira Grande.

Pizas, asinhas com batatas fritas,
chouriço e pão de alho

O Boteco do Miguel fará sete anos no dia 29 de Junho, ou seja abriu em Junho de 2017. “Temos poucos pratos, mas o que temos tem tido muita saída, nomeadamente as pizas, as asinhas com batatas fritas, chouriço e pão de alho”.
O negócio tem corrido bem, “mas esta é uma época baixa. O Verão é sempre mais forte, mas nunca se sabe quando é que o cliente vai entrar, porque hoje é bom, mas amanhã poderá não ser assim”, releva.
De Segunda-feira a Sábado, o horário é das 12h00 às 21h30. Aos Domingos e feriados encerra. “Já se trabalhou aos Domingos e feriados, mas agora só excepcionalmente e por marcação”, diz. Por exemplo, o Boteco do Miguel vai abrir no próximo Domingo, porque tem uma reserva de 28 alunos. “O espaço estará assim reservado, única e exclusivamente para eles”.

Aprendeu a cozinhar com o pai

Miguel disse, que aprendeu a “cozinhar com o pai”. E porque cedo dominou a arte da culinária, prepara as refeições do jeito que gosta. No entanto, “cozinhar é uma habilidade que melhora com a prática.”
Em termos de perspectivas para o futuro, quer continuar estável. “Já houve altos e baixos na vida, como acontece com todos, mas como estou numa fase estável, apesar de saber que tenho muitas mais lutas pela frente”.
A propósito do Mercado Municipal da Ribeira Grande, este é um complexo que congrega uma diversidade de actividades empresariais, tendo como objectivo a revitalização e dinamização do comércio tradicional e a promoção dos produtos agro-alimentares de qualidade, do artesanato, da cultura da Região e da gastronomia local.

Empresa de passeios turísticos

Na pizaria para além do Miguel, colaboram a mulher Lina e a filha Matilde, que terminou a licenciatura em Turismo na Universidade dos Açores. Estando apta para actuar no sector do turismo, a família criou, o ano passado, a empresa de passeios turísticos 7Wishes Azores Tours, isto porque o nosso interlocutor também gosta de lidar com a área do turismo. “Esta é também uma forma de poder conhecer pessoas de todos os países, como aqui também tenho tido esta oportunidade. Comunicar é importante, mas também é relevante conhecer outras culturas”.
A expectativa para a época alta, que se avizinha, é grande, até porque já a partir do mês de Abril, perspectiva-se que muitos navios de cruzeiro venham a atracar no porto de Ponta Delgada.
A empresa de passeios turísticos 7Wishes Azores Tours prima pela diferença e aposta num serviço mais personalizado, porque para além dos locais principais de interesse turístico, mostra, de igual modo, outros lugares que não são tão explorados pelas outras empresas de passeios turísticos.
“Por exemplo, se o cliente quiser visitar a freguesia das Sete Cidades, o passeio de regresso será feito pela costa Norte da ilha de São Miguel, porque normalmente o que os outros fazem é a costa Sul”, finalizou.

Marco Sousa

Edit Template
Notícias Recentes
Mulheres em situação de sem-abrigo em São Miguel estão “em profundo sofrimento psicológico pela situação em que vivem”
Sónia Melo distinguida com o Prémio Cinco Estrelas Regiões na categoria chef privada
“O folclore é sempre o parente mais pobre da cultura”, afirma Filomena Loura, Presidente do Grupo Folclórico da Lomba do Cavaleiro
Tem crescido o número de caravelas-portuguesas avistadas nas zonas balneares do continente e Açores
Comunidade açoriana de Rhode Island apela a David Neeleman para a Breeze Airways fazer voos directos para os Açores
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores