Edit Template

Cristina Calisto anunciou que a Baía de Santa Cruz terá restaurante e zonas para concertos além do edifício de apoio a zona balnear

Foi inaugurado ontem o edifício de apoio à zona balnear da Baía de Santa Cruz, ocasião que contou com a presença da Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Cristina Calisto, e de várias empresas e entidades que estiveram directamente envolvidas com a realização do projecto.
A obra, que ficou a cargo do empreiteiro Caetano & Medeiros, foi orçamentada em 347.737,72 euros, tendo sido parcialmente financiamento pelo PO2020.
Esta obra consistiu na criação de um espaço multifuncional, que integrará um snack bar com esplanada, uma sala multifuncional, um espaço de apoio à actividade balnear; balneários e sanitários.
O projecto deste edifício surgiu da necessidade de dar apoio a um espaço de jardim e área balnear com características únicas, nomeadamente com as áreas de acesso ao mar e pelo seu património natural, cultural e enquadramento paisagístico.

Uma nova zona de lazer

Esse espaço tem vindo a ser requalificado e beneficiado pela Câmara Municipal de Lagoa, permitindo aos munícipes e turistas uma nova zona de lazer. A primeira fase dessa requalificação consistiu na criação de um jardim com vegetação endémica e nativa dos Açores, da inserção de mobiliário e de iluminação urbana.
Cristina Calisto, Presidente da Câmara da Lagoa, referiu na inauguração que se assinalava “um momento importante para Santa Cruz, aliás ontem também o fizemos ao completar a instalação de dois parques, na área do lazer, para os mais pequenos na freguesia de Santa Cruz”.
“Na primeira fase, convertemos este espaço de forma a adaptá-lo à sua utilização durante o Verão com uma zona balnear. Um equipamento que vem dar apoio a esta zona balnear mas que será muito mais do que um espaço para tomarmos um duche ou irmos à casa de banho”, acrescentou a Presidente Cristina Calisto
O edifício resulta do compromisso de integração com a paisagem e identidade do local, respeitando a sua envolvente, estando, assim, o volume integrado na Baía, rodeado por espaços verdes com um enquadramento paisagístico, único e singular na ilha de São Miguel.
Esta construção traduz-se na criação de um edifício que toda a comunidade “poderá usufruir e que poderá albergar actividades lúdicas, pedagógicas, exposições, que dará, assim, apoio a actividades que se realizem na Baía de Santa Cruz”.
Foi, igualmente, criado um espaço de snack bar, que se estende numa esplanada virada para o mar.
Espaço para jovens

Sobre o espaço em si, a Presidente da Câmara da Lagoa disse que “o que se pretende é que Santa Cruz tenha, efectivamente, vida. E esta zona passe a ser uma zona nobre da cidade da Lagoa. Esta sala onde nós estamos é a sala onde será instalado um bar, um cyber-café, onde os jovens podem vir aqui, fazer uso das novas tecnologias, partilhar os seus tempos livres, conviver com os seus amigos e estar em relação directa com o mar, que tanto temos que valorizar”.
Para isso, prosseguiu Cristina Calisto, “todo o nosso trabalho na defesa do ambiente, de limpeza da orla costeira, de evitarmos que tudo aquilo que tem vindo a ser feito venha a ser destruído pela acção do homem. Este espaço é um espaço para todos nós. Trará vida a Santa Cruz”. O empreendimento em causa teve um custo que ultrapassou os 300 mil euros e que teve uma comparticipação de fundos comunitários de 230 mil.
Cristina Calisto deu, depois, conhecimento dos quatro projectos que estiveram a concurso entre a Câmara e a Ordem Regional da Ordem dos Arquitectos” para requalificação da Baía de Santa Cruz. E foi anunciado o projecto vencedor, do arquitecto Luís Anjos.
“Em breve, iniciaremos a requalificação dos terrenos a norte da Avenida do Mar. Toda aquela área, quase totalmente pertença da autarquia, é agora para ser convertida num espaço que vem complementar este, que terá um restaurante, zona de estacionamento, zonas para concertos musicais e aqui queremos que os jovens se sintam em casa, se divirtam e tenham uma ocupação saudável dos seus tempos livres. Para todos, mas em especial para os mais jovens que estão aqui presentes, passem a palavra do que será Santa Cruz de hoje em diante”, concluiu.
A inauguração de ontem contou com a participação das turmas do 11ºF e 12ºF do Curso Profissional Técnico de Comércio da Escola Secundária da Lagoa

Frederico Figueiredo
Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores