Edit Template

Academia das Artes da Universidade dos Açores vai abrir um curso breve de iniciação em cinema,anuncia a Pró-reitora Rute Gregório

A Academia das Artes da Universidade dos Açores vai abrir um curso breve em cinema – ‘Curso Breve em Cinema I’ -, que está enquadrada no plano de actividades da Academia. Em entrevista ao Correio dos Açores, Rute Gregório, Pró-reitora para os Alumni e Projectos Culturais, explica os objectivos deste curso breve, em que os alunos vão aprender e a importância do American Corner no financiamento desta formação.

Correio dos Açores – Como surgiu esta formação? Qual é o objectivo?
Rute Gregório (Pré-Reitora da Universidade dos Açores) – Esta formação está enquadrada no plano de actividades da Academia das Artes, e a Academia das Artes já teve este ano um workshop de cinema, outro de artes visuais e ainda outro de escrita criativa. Agora, de facto, vai ter um curso mais alargado e abrangente, de 60 horas, em cinema, visto que os objectivos da nossa Academia das Artes é permitir formação artística na Universidade dos Açores, em complemento à formação científica dos estudantes e também dirigido à comunidade em geral. As Universidades cada vez mais associam o conhecimento científico e a cultura científica à cultura artística. É uma tendência europeia e nacional, sendo que nós, também, estamos a cumprir o nosso papel nesta matéria. Temos tido várias actividades que não estão relacionadas com a formação. Recebemos igualmente espectáculos musicais e de outros géneros artísticos. Por isso, estamos muito receptivos a este tipo de oferta, destinado à nossa comunidade académica e à nossa comunidade em geral, como tenho dito.

O que se pretende que os alunos façam neste curso? O que vão aprender? Quais são os papéis que vão desempenhar?
Esta é uma introdução muito inicial à cinematografia e à linguagem cinematográfica. Gira em torno dos processos de pré-produção e de produção. Os estudantes terão a oportunidade de se inserir num contexto de experimentação ao nível da produção cinematográfica e de pôr em prática os conhecimentos adquiridos. Sobre os conteúdos e competências a desenvolver no curso, poderão pesquisar mais informações no nosso site, por Cursos Breves. As candidaturas já estão a decorrer e terminam no dia 29 de Março. O curso vai decorrer entre 8 de Abril e 31 de Maio.
Outro dado importante, a Universidade dos Açores, naturalmente, não tem especialistas, ao presente, em cinema, por isso vai buscar ao exterior os especialistas, realizadores, produtores, para prestar este serviço.

Quem vão ser os professores? São de onde?
São açorianos e não só. Neste caso, será a produtora, realizadora e directora de artes, Sofia Caetano, que será a nossa formadora formal. E conta com a presença do realizador, actor e designer de som, Elliot Sheedy.
Quantas vagas há para este curso? Qualquer pessoa se pode inscrever?
Não deve ultrapassar as 20 vagas. As pessoas vão ser seleccionadas com base nos critérios da Academia das Artes, com a coordenadora, Leonor Sampaio da Silva, a definir essa selecção. É importante referir que este curso, em princípio, estaria sujeito a propinas. No entanto, como tem o apoio muito especial do American Corner e do programa do American Corner no âmbito das “Artes para Todo@s”, sendo o American Corner a financiar a formação, os alunos só precisam de pagar as inscrições e os emolumentos habituais, inclusive os certificados.
Os nossos cursos da Academia das Artes são sempre destinados à comunidade académica e à comunidade em geral. No que diz respeito à formação, em particular, estamos essencialmente virados para a formação dos nossos estudantes, mas não esquecemos a comunidade em geral. Já as actividades de carácter musical e afins, são dirigidas à comunidade em geral, para além da comunidade académica.

Esta formação vai ser recorrente?
Vamos propor, por exemplo, no final de Maio, um curso em artes visuais, em pintura e desenho. Também, no próximo ano lectivo, estamos a preparar uma formação em videoartes no contexto das artes contemporâneas. Portanto, não vão ser sempre as mesmas formações, mas estas poderão eventualmente repetir-se no futuro. Nem todos os cursos vão ter a mesma duração e serão sempre cursos breves. Por exemplo, o curso de pintura e desenho só vai ter duração de 16 horas. Trata-se, friso, de cursos breves ou curta duração.

Os alunos têm a garantia de um estágio no final do curso breve?
Este curso é de formação essencial e vai garantir um certificado no final, para currículo dos alunos. O nosso objectivo é garantir, para além da formação científica que os alunos têm no âmbito das suas licenciaturas, uma sensibilização e desenvolvimento de competências artísticas e culturais.

Acha que o cinema dos Açores está em crescimento? Porquê?
Temos boa produção de documentários e séries, com alguma participação em filmes. Não podemos afirmar que o financiamento e a produção abundem. Mas esta questão não deve ser dirigida a mim.
Quero ainda destacar a acção da Academia das Artes e todas as iniciativas de carácter cultural que a Universidade dos Açores tem levado a cabo. São dirigidas à nossa comunidade. E fazem parte deste projecto amplo, que é garantir uma formação complementar e transversal aos nossos estudantes. Estes não aprendem somente ciência, mas também aprendem arte e cultura.

Filipe Torres
Edit Template
Notícias Recentes
Novo modelo de avaliação externa dos alunos a partir de 2024/2025
Octant Furnas lança nova carta de Verão com sabores dos Açores com assinatura do Chef alentejano Henrique Mouro
Homem de 48 anos detido no Aeroporto João Paulo II por suspeita da prática do crime de posse de arma proibida
Incêndio em casa devoluta nas Laranjeiras
Câmara investe 250 mil euros na requalificação de ruas nas Capelas
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores