Edit Template

Do meu olhar!: As anedotas de um país!

  1. Páscoa. Como estamos em SEMANA SANTA foi muito mais negro o ambiente registado na Assembleia da República com o seu arranque logo depois das eleições e com a eleição do seu Presidente a obrigar a várias votações sem resultado legal. O que se passou foi apenas um emaranhado de complexos e birras com o CHEGA a introduzir um cenário intrigante de vota não vota que o senhor primeiro-ministro indigitado não se digna falar pessoalmente com André Ventura. Parece à primeira vista que falhou a abertura e o diálogo democrático e sério pondo o interesse nacional acima dos interesses mesquinhos de alguns partidos! Com esta postura duvida-se do clima que enfrentará Montenegro com o seu governo empossado e legítimo. Não havendo maiorias absolutas, as divisões que resultaram do último ato eleitoral não contribuem em nada para a estabilidade governativa com sérios prejuízos para o cidadão! Nesta quarta feira santa surge a solução de remedeio de a presidência do Parlamento ser repartida entre os dois maiores partidos! Veremos como vai decorrer esta via partidária!
  2. Açores. O panorama dos Açores tem algumas semelhanças só que o CHEGA nestas ilhas não passou dos 5 deputados, diferente do Continente onde alcançou 50. No entretanto, quer-nos parecer que o governo de Bolieiro ainda não arrancou a sério porque nesta data nem os directores regionais foram nomeados sabendo-se que alguns deles precisam mesmo de ir descansar. A máquina administrativa oleada só funciona bem com directores regionais competentes e com boa postura no emaranhado político da espessa máquina burocrática. Há problemas que precisam de respostas rápidas e de soluções que não podem aguardar mais tempo, os quais me dispenso de enumerar. O povo queixa-se do custo de vida e dos ordenados baixos e é por isso também que os jovens fogem para o estrangeiro! E, por outro lado, seria bom que não se baralhasse estatísticas sobre estatísticas para surgirem situações aparentemente mais favoráveis como é o caso dos transportes aéreos que têm vindo a causar sérios problemas aos hotéis, aos rent a car, ao alojamento local . O que vale é que Abril já aí vem e permite outra abertura na capacidade de transporte aéreo nos Açores, mas não apaga erros no passado que se podem repetir no futuro!
  3. Jardins. Isabel Albergaria, que é membro da direcção da Associação Portuguesa dos Jardins Históricos e reputada especialista da área, aponta a necessidade de se definir um número limite de visitantes em jardins e espaços verdes públicos, como forma de controlar no número de pessoas em zonas ambientalmente mais sensíveis. E acrescenta que “um dos grandes problemas é o pisoteio e a compactação do solo que têm a ver com a própria carga.” E aproveita para avisar que é “também importante perceber o ponto – limite a partir do qual esses visitantes já vão prejudicar e, portanto, aí já tem que se fazer esse limite da capacidade de carga.”
    Este, a nosso ver, é um importante alerta para todos os responsáveis do AMBIENTE e do Turismo e para as Autarquias Locais que, às vezes, parece que para eles está tudo bem! E é falso! As medidas devem ser tomadas a tempo e horas, com rigor mas com ponderação e seriedade.
  4. SEMANA SANTA. Estamos na Semana Maior para os cristãos de todo o mundo e de todas as latitudes. O início do tríduo Pascal, na Quinta feira santa que celebra a Última Ceia e a Instituição da Eucaristia, o mais sublime mistério da fé dos cristãos, que lhes alimenta a alma e lhes retempera o corpo e o espírito no milagre da exemplar humildade de Jesus; de SEXTA FEITA SANTA que nos leva até à Cruz no abraço mais afetuoso e amoroso que alguma vez o homem experimentou, para no SÁBADO DE ALELUIA cantarmos as aleluias pascais revigoradas da alegria da boa notícia do RESSUSCITADO, nesta maravilhosa PASSAGEM para o Homem novo, manso e humilde de coração que nunca esquece o irmão que está a seu lado, seja ele qual for!
    Para todos os caríssimos leitores um abraço Pascal de alegria e de paz. Em Lx invernosa, finais de Março de 2024. Eduardo de Medeiros
Edit Template
Notícias Recentes
Governo destaca Marca Açores como uma ferramenta essencial na promoção dos produtos e serviços do arquipélago
Presidente do Governo reafirmou ao Almirante Gouveia e Melo os poderes autonómicos dos Açores na gestão do mar
Padre Duarte Melo e Leonor Anahory defendem que se deve aproveitar o saber dos mais velhos para ajudar a formar os mais novos
Dezenas de pessoas “com muita devoção pelo Espírito Santo” ajudaram nos preparativos das 13 mil sopas que serão servidas hoje no Campo de São Francisco
Cinco detidos no aeroporto de Ponta Delgada com documentos de identificação falsos
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores