Edit Template

Detido homem em Água de Pau acusado de onze furtos que causaram insegurança nas populações

O Comando Regional da PSP dos Açores, por intermédio de polícias da Brigada de Investigação Criminal da Esquadra da Lagoa, procedeu à detenção de um homem, de 25 anos, fortemente indiciado da prática de nove crimes de furto qualificado e dois de furto simples.
Na sequência do significativo aumento de crimes de furto qualificado que vinham ocorrendo recentemente na vila de Água de Pau, concelho de Lagoa, a PSP através da permanente monitorização da evolução da criminalidade registada naquela localidade, alicerçada por um conjunto de diligências processuais e policiais devidamente consolidadas, logrou identificar, relacionar e implicar o principal suspeito da prática dos referidos crimes, que, de forma transversal, estavam a afectar o sentimento geral de segurança da comunidade.
Embora não se descarte a implicância do arguido na prática de uma ampla diversidade e quantidade de outros ilícitos criminais, de acordo com a análise e acompanhamento sistemático a esse fenómeno criminal de âmbito local que se registou nos últimos três meses, que pelos elevados prejuízos causados e aumento exponencial de ilícitos estava a assumir particular relevância, foi possível apurar que o arguido actuava sozinho, durante a noite, seleccionava estabelecimentos comerciais, industriais e edifícios públicos, onde se introduzia através de práticas de arrombamento e escalamento de muros e janelas, e actuava direccionado exclusivamente ao furto de objectos com expressão económica, que lhe permitissem a aquisição de estupefaciente para seu consumo.
Face ao perigo representado pelo arguido de prosseguir na prática de outros crimes, no dia 26 de Março, veio a ser detido, fora de flagrante delito, por ordem da Magistrada do Ministério Público de Ponta Delgada.
Após ter sido presente a interrogatório judicial no Tribunal de Ponta Delgada, o Meritíssimo Juiz de Instrução Criminal aplicou ao arguido a medida de coacção de obrigação permanência na habitação, com meios técnicos de controlo à distância.
O Comando Regional dos Açores salienta a tremenda importância da intervenção articulada entre o Ministério Público e a PSP, em virtude de permitir cessar cirurgicamente o principal foco de insegurança e desestabilização actualmente existente na vila de Água de Pau, e que tem sido amplamente divulgado nas redes sociais e através dos meios de comunicação social da Região.

Edit Template
Notícias Recentes
Governo destaca Marca Açores como uma ferramenta essencial na promoção dos produtos e serviços do arquipélago
Presidente do Governo reafirmou ao Almirante Gouveia e Melo os poderes autonómicos dos Açores na gestão do mar
Padre Duarte Melo e Leonor Anahory defendem que se deve aproveitar o saber dos mais velhos para ajudar a formar os mais novos
Dezenas de pessoas “com muita devoção pelo Espírito Santo” ajudaram nos preparativos das 13 mil sopas que serão servidas hoje no Campo de São Francisco
Cinco detidos no aeroporto de Ponta Delgada com documentos de identificação falsos
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores