Edit Template

Palácio de Sant’Ana acolhe hoje recital de piano de Constantin Sandum

A Presidência do Governo dos Açores acolhe hoje, às 18h00, no Palácio de Sant’Ana, em Ponta Delgada, um recital de piano por Constantin Sandum, evento promovido pelo Conservatório Regional de Ponta Delgada.Do programa constam obras de Cláudio Carneyro (1895–1963), Armando José Fernandes (1906–1983) e Luiz Costa (1879–1960).
A arte interpretativa de Constantin Sandu desenvolveu-se sob a influência dos seus mestres romenos – Sonia Ratescu, Constantin Nitu e Constantin Ionescu-Vovu – e de várias outras individualidades marcantes, como Sequeira Costa, Dimitri Bashkirov, Helena Sá e Costa ou Tânia Achot.
A sua distinta personalidade artística alia o rigor e o respeito pelo texto musical a uma sensibilidade poética e uma imaginação sonora cativante. Desde a sua estreia com orquestra, aos 14 anos, tem desenvolvido uma intensa actividade de concertista, que se estende por um período de quatro décadas. Realizou centenas de concertos em vários países europeus e asiáticos, tendo recebido louvores por parte do público e da crítica especializada. É detentor de vários prémios em concursos internacionais.
Gravou vários discos a solo (Beethoven; Albéniz e Gershwin; música portuguesa e romena para piano), como solista da Orquestra Raízes Ibéricas (Concertos de Mozart e A. J. Fernandes) e participou em outros colectivos e de música de câmara. Em 2006, doutorou-se em música na Universidade Nacional de Música de Bucareste, com a tese A música portuguesa para piano. Vive em Portugal desde 1991 e é professor de piano na Escola Superior de Música, Artes e Espectáculo do Porto, onde é, actualmente, coordenador da Área de Piano.
A entrada é gratuita, estando os bilhetes disponíveis na portaria do palácio entre as 10h00 e as 16h00, ou imediatamente antes do concerto.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores