Edit Template

InWave – Incubadora de empresas da Ribeira Grande com acção deformação em História Oral

Teve início na passada Segunda-feira, na InWave – Incubadora de Empresas da Ribeira Grande, uma Formação em História Oral, destinada a colaboradores dos diversos núcleos museológicos municipais, arquivo e participantes de outras entidades, que terá a duração de 20 horas, sendo ministrada pela formadora Nisa Remígio.
Considerando a importância da análise e preservação da memória oral, o registo e promoção da História Oral é cada vez mais uma necessidade dos meios e instituições que promovem, salvaguardam e registam as memórias passadas e presentes numa comunidade local ou familiar. Apesar de muitas vezes ser feito de forma intuitiva, este é um processo que tem as suas regras e uma abrangência que, por vezes, ultrapassa mesmo as áreas de História Oral.
De origem açor-canadiana, Nisa Remígio é intérprete de história oral e estudante de Doutoramento INDI Belas Artes (Performance de História Oral, Ciências Humanas Aplicadas e Geografia), na Concordia University, Montreal. Desde 2004 tem estudado a diáspora açoriana, divulgando os seus trabalhos em conferências, grupos de reflexão, entrevistas, encontros comunitários, museus ambulantes (escolas e lares), websites, exposições multimédia em Portugal, Canadá e nos Estados Unidos.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores