Edit Template

Ponta Delgada com uma nova clínica de saúde e estética

A VFclinic tem cinco salas, sendo que uma delas é destinada à copa da direcção clínica, médicos e demais profissionais, de Dermatologia, Fisioterapia, Osteopatia, Podologia e Estética.

A VFclinic já funciona na Avenida D. João III, n.º 43, rés-do-chão direito. O espaço de Verónica Fróes foi inaugurado no passado Sábado, com a presença de convidados, familiares e amigos.
A nossa interlocutora começou a trabalhar no Hospital do Divino Espírito Santo como assistente e ao nosso jornal confessou, que “nunca pensou que um dia pudesse vir a abrir uma clínica”.
No entanto, também disse, que nessa altura “arranjava as unhas das colegas de trabalho durante os tempos livres” e assim começou a gostar da área da estética.
Posteriormente, começou a trabalhar na sua residência, antes de colaborar num gabinete de estética, só que depois veio a pandemia e ficou sem emprego. Com a sua admirável persistência tentou uma carreira de assistente de bordo, mas não conseguiu.
Ainda antes de pandemia trabalhou e estudou para enriquecer conhecimentos na área da estética. Chegou a procurar um espaço na Avenida D. João III, mas não chegou a acordo com o senhorio, acabando por trabalhar na Anabela Cabeleireiro, também na Avenida D. João III, onde esteve durante dois anos.

Diversos serviços

A abertura da VFclinic (primeiro e último nome da nossa entrevistada) é um marco importante para Ponta Delgada, já que oferece também serviços médicos e de saúde, nomeadamente de Dermatologia, Fisioterapia, Osteopatia, Podologia, além, claro, de Estética.
Assim, e muito mais do que um gabinete de estética, ali vão trabalhar os médicos Luan e Wilsa, o osteopata Diogo, a fisioterapeuta Cindi, as esteticistas Almerinda e Verónica, e ainda Mariana Lima, que vai cuidar das mãos e dos pés.
Almerinda tem mais de 20 anos de experiência na área da estética e Verónica Fróes vai estar ligada ao tratamento com laser, que tem várias finalidades, como remoção de pelos indesejados, tratamento de manchas na pele, rejuvenescimento fácil, entre outras.
A VFclinic tem cinco salas, sendo que uma delas é destinada à copa da direcção clínica, médicos e demais profissionais.
Com um layout prático, as cores e a iluminação do interior desempenham um papel estratégico e funcional no design da VFclinic, que “transmite paz e tranquilidade, até porque o nosso corpo merece ser tratado sensibilidade”.

“Receber como gostava de ser recebida”

Verónica Fróes decorou a VFclinic de uma forma, que chegou a pensar que não iria conseguir. “Decorei este espaço para receber as clientes, como eu gostava de ser recebida, com paz, leveza, união e carinho”.
O futuro a Deus pertence, mas Verónica Fróes ambiciona “continuar a evoluir sempre mais” e quer agora “progredir na parte da medicina estética”.
Com um incansável desejo desenvolver conhecimentos, diz que “trabalha para saber sempre mais”, porque a busca pelo conhecimento é uma jornada constante e enriquecedora.
Por falar em trabalho, os dias que antecederam a inauguração foram árduos. “Estive aqui de joelhos a aplicar massa nas juntas dos azulejos, fui buscar tubos à loja de ferragens para o mestre adiantar serviço para abrimos duas salas, mas fiz isso com amor e carinho, que espero que as pessoas sintam isso quando entrarem aqui na VFclinic”.
“Não sou rica e tudo o que tenho foi alcançado com muito trabalho, mas quando entro aqui sinto paz e tranquilidade. É importante gostarmos o que fazemos, a motivação e a satisfação aumentam, e adoro o que faço e, se amo este espaço e a minha vida tenho de dar o melhor aos meus clientes. Fiz contratos com profissionais de excelência, com anos de experiência, nas suas áreas de intervenção, quer seja no diagnóstico ou tratamento”.

Marco Sousa

Edit Template
Notícias Recentes
Mulheres em situação de sem-abrigo em São Miguel estão “em profundo sofrimento psicológico pela situação em que vivem”
Sónia Melo distinguida com o Prémio Cinco Estrelas Regiões na categoria chef privada
“O folclore é sempre o parente mais pobre da cultura”, afirma Filomena Loura, Presidente do Grupo Folclórico da Lomba do Cavaleiro
Tem crescido o número de caravelas-portuguesas avistadas nas zonas balneares do continente e Açores
Comunidade açoriana de Rhode Island apela a David Neeleman para a Breeze Airways fazer voos directos para os Açores
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores