Edit Template

Santa Clara e Nacional unidos na subida

Na época de 2017/2018 ambos terminaram as 38 jornadas da Segunda Liga em posição de subida. O Nacional foi o campeão com 71 pontos e o Santa Clara terminou em segundo com 66 pontos. O Vizela foi terceiro com 64 pontos, mas, na altura, não haviam jogos de passagem com o antepenúltimo classificado da Primeira Liga.
Nesta época o Santa Clara está em primeiro lugar com 70 pontos, mais dois do que o Nacional. Só ao final da tarde de Domingo se conhecerá quem é o primeiro, o segundo e também o terceiro posicionado, que se decide entre o AVS e o Marítimo da Madeira, separados por um ponto.
Para se precaver de ser ultrapassado pela equipa madeirense, o Santa Clara tem de vencer a União de Leiria. Terminando as duas equipas com a mesma pontuação a vantagem é do Nacional por ter empatado e ganho nos jogos entre si disputados.
A União de Leiria é uma das melhores equipas do campeonato, com um plantel muito rico em qualidade e em experiência. Acontece anualmente a equipas com grande potencial realizarem provas muito aquém das expectativas. Porém, a vitória, na noite de Segunda-feira, perante 3.544 espectadores, por 3-0, sobre o Académico de Viseu, veio demonstrar que o Santa Clara, por enfrentar o décimo da tabela classificativa, com menos 28 pontos, não tem o jogo ganho.
O Santa Clara passou pelo primeiro lugar à 4.ª jornada. À 8.ª era terceiro a 6 pontos do guia AVS. À 11.ª voltou a ser primeiro, mantendo-se até à 14.ª rodada. Após as rondas 15 e 16 foi o AVS líder. A partir da 17.ª jornada o Santa Clara regressou à liderança e mantém-la até à 33.ª. São, portanto, 16 jornadas seguidas em primeiro e não 23 como se tem falado.
Recorde-se que o Santa Clara subiu pela primeira vez à Primeira Liga na época de 1998/99, como terceiro classificado, porque ascendiam os três primeiros. Somou 55 pontos em 34 jogos. O Gil Vicente foi o campeão com 68 pontos e o Belenenses vice, com 61.
A segunda subida, após 34 jogos, foi na temporada de 2000/01. Foi campeão com 67 pontos, sendo o Vitória de Setúbal segundo com 64, os mesmos do Varzim, que também ascendeu.
A 30 de Maio próximo comemoram-se 50 anos de um feito que levou ao estádio de São Miguel cerca de 25 mil espectadores, na maior enchente de sempre.

Edit Template
Notícias Recentes
“É urgente a necessidade de reduzir o número de utentes por Médico de Família”, diz Maria Teresa Albergaria
Jaime Oliveira foi um dos cinco açorianos que ao lado de Salgueiro Maia desceram de Santarém a Lisboa no dia 25 de Abril de 1974: “Tive medo…”
“Temos muita fé no Divino Espírito Santo”, afirmamos mordomos dos Remédios da Bretanha
Câmara de Ponta Delgada estuda solução para o trânsito na Alameda de Santa Teresa
19 medalhas de ouro, 19 de prata e 18 de bronze no Campeonato Regional das Profissões
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores