Edit Template

Cristina Canto Tavares destaca “contributode Cinelândia Cogumbreiro para toda a Região”

A vereadora da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Cristina do Canto Tavares, participou na sessão de homenagem à Presidente Honorária do IAC-Açores, a Comendadora Cinelândia Cogumbreiro e Sousa.
“É com muita honra pessoal e institucional que me associo a esta homenagem! Cinelândia Cogumbreiro prestou, de facto, relevantes serviços a Ponta Delgada e, igualmente, a toda Região. Fê-lo de forma pioneira, humanista, altruísta e com visão de um futuro mais inclusivo e atento às novas gerações”, afirmou a responsável autárquica.
Na ocasião, a vereadora que tutela a área de Desenvolvimento Social, ao longo da sua intervenção e perante uma plateia repleta de entidades, fez questão de expressar a sua admiração pela homenageada referindo que “Cinelândia Cogumbreiro, através da sua imensa dimensão humana e humanista, na vontade de replicar, nos Açores, os valores do Instituto de Apoio à Criança, foi pioneira na acção a favor da infância, tanto que, hoje, a Presidente Honorária se mantém imagem incontornável desta instituição, que é considerada referência da defesa Direitos da Criança”.
“Todos sabemos que esta não é a primeira vez que a Comendadora Cinelândia Cogumbreiro é homenageada e reconhecida, e sempre ao mais alto nível, inclusive, a 2 de Abril de 2017, por ocasião do Dia da Cidade, recebeu a Medalha de Ouro do Município de Ponta Delgada, a segunda mais alta distinção da sua autarquia, destinada a agraciar pessoas, individuais ou colectivas, que tenham prestado ao Município serviços considerados excepcionais, em qualquer domínio de que tenham resultado relevantes e reconhecidos benefícios para Ponta Delgada”, adiantou.
Para Cristina do Canto Tavares esta é “uma homenagem de muita gratidão por todo um trabalho que desenvolveu em prol dos direitos das crianças, da defesa dos menores em risco. E fez, ainda, num contexto sócio-cultural fechado, nos Açores, em que não era unânime o reconhecimento da Criança, como sujeito de Direitos; em que decorria um tempo em que Ponta Delgada assistia a um número cada vez maior de menores em situação de risco e de efectiva exclusão social e marginalização, alvo de maus tratos, negligência e abandono”.
Ainda durante esta sessão, a vereadora da Autarquia, destacou a boa relação institucional entre o Município e o Instituto de Apoio à Criança dando conta dos projectos em curso: “A Câmara Municipal tem vindo a trabalhar há largos anos com o IAC -Açores. Estamos de momento a desenvolver um trabalho conjunto no âmbito do projecto ‘Campanha de Promoção do Direito de Brincar’ e criamos, igualmente, em 2023, um Roteiro Lúdico, para que a comunidade saiba como é importante a brincadeira para o desenvolvimento da criança e para o seu bem-estar psicológico e emocional. Esta é uma feliz parceria, que nos prepara para enfrentar as preocupações que temos com o futuro das novas gerações”.

Edit Template
Notícias Recentes
“Câmara Municipal de Ponta Delgada deixou praticamente de investir na vila das Capelas nos últimos anos”, afirma Manuel Cardoso
“Sou um bocadinho vulcão dos Açores e as minhas equipas reflectem essa personalidade,”assume a treinadora do Sporting, Mariana Cabral
Marcha com mais de 100 marchantes jovens promete hoje muita “brincadeira e diversão” nas Festas do São João da Vila
“Estas ilhas oferecem-nos sensibilidade, alegria, amor e dádiva que nenhum outro lugar do mundo oferece,” afirma António Rego
Maycon Melo veio de Mato Grosso no Brasil para os Açores para fazer do sushi a sua vida
Notícia Anterior
Proxima Notícia
Copyright 2023 Correio dos Açores