22 de maio de 2022

CDS-PP propõe projecto-piloto para colocar ilha de São Jorge no mapa dos Nómadas Digitais

Os deputados do CDS-PP Açores, reunidos em Jornadas Parlamentares na ilha de São Jorge, encontraram-se com Gonçalo Hall, consultor na área do trabalho remoto e impulsionador do projeto “Nómadas Digitais” que vigora na Região Autónoma da Madeira desde o final do ano de 2020.
No final do encontro, a deputada Catarina Cabeceiras revelou que “neste encontro, o Grupo Parlamentar do CDS-PP obteve importantes contributos para uma ideia que tem vindo a desenvolver nos últimos meses, que é criar um projeto-piloto na ilha de São Jorge, semelhante ao projecto ‘Nómadas Digitais’ que já existe e é um sucesso na Madeira, mas com as devidas adaptações à realidade açoriana.”
“Temos de colocar os Açores e São Jorge no mapa do Nómadas Digitais”, defende. O Grupo Parlamentar do CDS-PP submeteu, por isso, à apreciação do Parlamento açoriano uma iniciativa que visa recomendar ao Governo Regional o desenvolvimento do referido projeto-piloto na ilha de São Jorge, em parceria com as entidades locais, e a posterior garantia das condições necessárias para implementar este projecto nas restantes ilhas do arquipélago com especial ênfase nas ilhas que mais têm sofrido com o despovoamento. “O fundamental é assegurar a qualidade das comunicações”, adiantou Catarina Cabeceiras, que reiterou também a importância de divulgar e publicitar o projeto como mais uma potencialidade da Região.
“A realidade é que vivemos num mundo cada vez mais global, onde o trabalho remoto é cada vez mais um novo normal para muitas empresas em todo o mundo, já que estamos no século da inovação e das novas tecnologias”, declarou a deputada. Atente-se, diz,  ao exemplo do projeto “Nómadas Digitais” na Madeira. Arrancou em novembro de 2020, objecto de um investimento inicial de 30 mil euros, e hoje estima-se que gere receitas na ordem dos 18 a 20 milhões de euros. “O perfil típico de um Nómada Digital é de alguém que prefere um estilo de vida tranquilo, unindo o trabalho ao lazer e à vivência em comunidade, fazendo actividades ao ar livre em contacto com a natureza. O Grupo Parlamentar do CDS-PP propõe uma estratégia integrada para atrair nómadas digitais de todo o mundo, pois considera que os Açores, e a ilha de São Jorge em particular, reúnem as condições de vida que estas pessoas procuram.”
Catarina Cabeceiras acredita que “o projeto Nómadas Digitais irá potenciar a ilha de São Jorge e toda a Região, promovendo o destino Açores, dinamizando a economia local e regional, e assim atenuando a sazonalidade que caracteriza o sector turístico”, podendo ainda contribuir para a fixação definitiva de novos residentes.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker