Projecto ReBuild 17 lança concurso para incluir resíduos em obras na Região

 Com o objectivo de incentivar a circularidade no sector da construção na Região Autónoma dos Açores, o projecto ReBuild 17 está à procura de ideias para a criação de novos materiais ou produtos que incorporem resíduos de construção e demolição. O concurso internacional, lançado na Sexta-feira, está a decorrer até dia 19 de Julho.
Inserido no Programa Ambiente (financiado pelo EEA Grants), o projecto ReBuild 17 está a dinamizar um concurso de ideias para promover a valorização e a redução dos resíduos de obra. As ideias devem consistir em materiais ou produtos inovadores capazes de incorporar resíduos de obra, tais como vidro, plástico, madeira, agregados reciclados, misturas betuminosas, gesso cartonado ou EPS. Em alternativa, as candidaturas podem propor utilizações ou aplicações alternativas aos resíduos.
O concurso está dividido em quatro vertentes – superfícies e revestimentos; mobiliário urbano; mobiliário interior; tema livre. Cada área terá uma ideia vencedora que irá receber um prémio monetário de 1 500 euros. Os candidatos podem participar a título individual ou colectivo, até dia 19 de Julho, submetendo uma ou mais ideias, aqui.
A selecção das melhores ideias por um júri rege-se por critérios de exequibilidade técnica, potencial de circularidade e de impacto no mercado, bem como pela criatividade e clareza da ideia e pelo respectivo carácter inovador. Como o projecto ReBuild 17 estão a ser promovido pelo Governo Regional dos Açores, através do Laboratório Regional de Engenharia Civil (LREC), as propostas serão também avaliadas consoante o critério de impacto para a Região Autónoma dos Açores. Além do apoio do LREC, o projecto ReBuild 17 conta com a parceria da Fibrenamics Azores, via Centro Inovação de Produtos Materiais Avançados, da Direcção da Regional do Ambiente e Alterações Climáticas e da entidade islandesa ReSource International. Esta iniciativa tem como propósito desenvolver e validar um modelo sustentável capaz de sustentar uma cadeia de circularidade no sector açoriano da construção, sensibilizando os agentes e procurando soluções para a reincorporação de resíduos.   

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker