Vasco Cordeiro sai reforçado do Congresso do PS

 O líder regional do PS/Açores, Vasco Cordeiro, sai hoje reforçado do XVIII Congresso do partido.
O cenário estava montado para que este reforço fosse uma realidade com a Moção de Estratégia Global, assinada pelo líder nacional António Costa, e Presidente Honorário do PS/A, Carlos César, a ser inequivocamente aprovada pela esmagadora maioria dos militantes.
O PS/Açores pretende sair do Congresso, percebendo, em definitivo, porque perdeu a maioria absoluta nas últimas eleições legislativas regionais; e com a lição estudada enquanto partido da oposição para regressar ao poder regional com novas medidas e uma renovação de dirigentes.
Vasco Cordeiro foi para o Congresso depois de ser reeleito para um quarto mandato como Presidente do PS, Açores, obtendo 97,7% dos votos dos militantes.
Da renovação que Vasco Cordeiro vai propôr ao Congresso e das novas propostas que está a apresentar, se perceberá se o Partido Socialista dos Açores vai mudar de rumo e em que dimensão o fará, mostrando-se preparado para, em qualquer momento, regressar ao poder.
A moção de estratégia global está dividida em três pontos: “Um novo impulso”, “Uma Região aberta, dinâmica e progressista” (abordando a “Sustentabilidade da autonomia” e a “Coesão Regional”), e “Um partido ao serviço dos açorianos”.
Uma das propostas de alteração dos estatutos do partido que mereceu mais atenção foi a feita por Carlos César ,que prevê que o Presidente honorário participe, “sem direito de voto, no congresso regional” e colabore com o Presidente do partido, “empenhando a sua magistratura e prestígio na defesa da unidade e coesão do partido”.
Nas eleições regionais de 2020, o PS ganhou as eleições, mas perdeu a maioria absoluta que teve no arquipélago durante 24 anos.

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker