Família tinha na sua posse várias substâncias psicoactivas

Família de três pessoas detida pela PSP em Água de Pau por alegado tráfico de droga

 A Brigada de Investigação Criminal  da Esquadra da Lagoa da PSP, no âmbito de uma investigação em curso dirigida pelo Ministério Público de Ponta Delgada, identificou e constituiu duas mulheres, de 19 e de 43 anos, e um homem de 45 anos, como arguidos, com laços familiares, pela presumível co-autoria de um crime de tráfico de estupefacientes.
Decorrente das diligências investigatórias concretizadas pelos investigadores da PSP, realizou-se uma operação policial no centro da Vila de Água de Pau, na Lagoa, permitindo, desta forma, a apreensão de haxixe e de substância sintética, dinheiro e diversos utensílios relacionados com esta actividade ilícita.
Os três visados pela investigação foram constituídos arguidos e sujeitos a termo de identidade e residência, os quais estão fortemente indiciados na prática do crime de tráfico das novas substâncias psicoativas.
 A Divisão Policial de Ponta Delgada adianta que os resultados da investigação “assumem especial importância em virtude de se revelarem um importante contributo para o restabelecimento da ordem, segurança e tranquilidade pública na Vila de Água de Pau, do concelho de Lagoa”.

Detidos sete homens em Ponta Delgada
 
A Divisão da PSP de Ponta Delgada levou a efeito, entre 22 e 25 de Julho, um conjunto de ações que culminaram com a detenção de 7 homens, com idades entre os 18 e os 56 anos.                                                                            
Seis homens, com idades entre os 18 e os 56 anos, foram detidos em Vila Franca do Campo, quatro dos quais pelos crimes de condução de veículo sob a influência de álcool, apresentando uma taxa superior a 1,20 gramas, sendo um destes interveniente em acidente de viação.
Um homem foi detido em Vila Franca pelo crime de desobediência por condução de veículo apreendido; e outro pelo crime de condução sem habilitação legal para o efeito.
Foi detido um homem de 26 anos, em Ponta Delgada, pelo crime de posse de arma proibida (arma branca).
Entretanto, a Divisão da PSP de Angra do Heroísmo deteve 2 indivíduos, de 41 e de 60 anos, ambos pela prática do crime de violência doméstica.
Deteve 3 indivíduos, com idades entre os 31 e os 50 anos, nos concelhos de Angra do Heroísmo e da Praia da Vitória, 2 pelos crimes de condução de veículo sob a influência de álcool, apresentando uma taxa superior a 1,20 gramas por litro e um pelo crime de condução de veículo sem habilitação legal para o efeito.
No âmbito da operação policial “Incêndios Rurais 2022”, a Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial da Horta dinamizou ações de sensibilização e informação pelas diferentes juntas de freguesia da ilha do Faial. Entre os dias 22 e  25 de Julho registararam-se 44 acidentes de viação que provocaram 10 feridos além de danos materiais.
O Comando Regional da PSP dos Açores recomenda a todos os cidadãos ou vítimas que, “sempre que tenham conhecimento de situações suspeitas ou relacionadas com a prática de ilícitos, contactem, no mais curto espaço de tempo e por qualquer via, qualquer Esquadra da PSP a fim de acionar a intervenção policial em tempo útil e em prol de um melhor serviço à comunidade”.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker