Em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada

Serviços de Ambiente da Câmara de Ponta Delgada removem espécie invasora da praia do Pópulo

Os Serviços de Ambiente da Câmara Municipal, em parceria com o “Projecto Renascer E8G” da Santa Casa da Misericórdia de Ponta Delgada, procederam à remoção de uma espécie invasora, mais concretamente de chorão (carpobrotus edulis), da praia do Pópulo. A iniciativa, realizada no final de Julho mas só agora revelada, contou com 20 participantes e surgiu no âmbito do concurso “Amar a Praia” 2022, decorrendo na zona de areal contaminada por esta espécie e na zona envolvente da referida praia, situada na freguesia do Livramento.
Originária de África do Sul, esta planta é conhecida como chorão-da-praia, podendo ser encontrada na orla costeira açoriana.
O chorão-da-praia terá sido trazido para os Açores como espécie ornamental, mas pela sua capacidade de propagação e pela própria utilização para fixar areias, acabou por se tornar numa invasora.
O objectivo desta iniciativa camarária foi iniciar uma sequência de intervenções regulares de remoção desta planta invasora, para que, dentro de alguns meses, se possa repovoar a zona com espécies autóctones próprias de eco-sistemas costeiros.
Saliente-se que a iniciativa em questão começou com uma apresentação do método de remoção a usar e o objectivo da actividade.
Após esta actividade de cariz educativo e lúdico, foram removidos 580 quilos de chorão, que encheram 29 sacos de 120 litros. No final, foi realizado um debate sobre a experiência e feita uma avaliação positiva com recurso a questionário, como é referido em nota da autarquia.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker