Várias formações e diversos estilos

Programa de Artesanato “Hora do Ofício” regressa em Setembro

O Centro de Artesanato e Design dos Açores (CADA) anunciou que estão abertas as inscrições para o programa de formação de artesanato “Hora do Ofício”, cujas primeiras acções arrancam já em Setembro. O programa formativo, diversificado, abrangente a todas as Ilhas e adequado aos interesses e necessidades específicas locais, concilia as produções tradicionais e certificadas pela marca “Artesanato dos Açores” com uma vertente mais criativa e inovadora do artesanato.
As acções de formação já agendadas são: tingimento e feltragem em lã de ovelha, em Santa Maria, de 6 a 17 de Setembro; costura criativa, no Pico, de 12 de Setembro a 14 de Outubro; iniciação à cestaria, no Corvo, de 19 a 24 de Setembro; fabrico de papel de base vegetal, em São Miguel, de 23 de Setembro a 1 de Outubro; e trabalho criativo em madeira, no Corvo, de 7 a 8 de Outubro.  Estão programadas outras acções de formação que respondem, simultaneamente, à exigência de qualidade técnica e valorização cultural dos produtos artesanais certificados e à demanda do mercado actual que apela à competitividade através da inovação e da sustentabilidade, cujas datas serão anunciadas nas redes sociais do CADA e na página web http://artesanato.azores.gov.pt.
Assim, no âmbito das produções tradicionais certificadas, estão programadas acções de formação de nível mais avançado para as técnicas de bordado, nas ilhas Terceira e Graciosa, e de iniciação nas ilhas do Pico e Faial.
A mesma fonte revela que, para dar continuidade a outras produções certificadas, estão programadas acções de iniciação ao trabalho de vimes, mais concretamente na cestaria, nas ilhas Terceira, Corvo e Santa Maria, e de iniciação à tecelagem e ao trabalho em miolo de figueira na ilha das Flores. No que respeita ao artesanato mais contemporâneo, estão programadas acções de transmissão de técnicas mais inovadoras, quer a um nível mais avançado, como é o caso da feltragem de lã de ovelha para a confecção de acessórios de moda na ilha de Santa Maria e do macramé em S. Jorge, quer ao nível da iniciação, como o trabalho criativo em madeira, na ilha do Corvo, a costura criativa na ilha do Pico e o fabrico do papel na ilha de S. Miguel.
Segundo a mesma fonte, o projecto formativo “Hora do Ofício”, promovido pelo CADA e que se segue à temporada de feiras Expo Açores Artesanato associada às principais festividades de verão do arquipélago, visa promover e incentivar a transmissão do saber-fazer das actividades artesanais tradicionais dos Açores e, ao mesmo tempo, fomentar a inovação e a criatividade na produção artesanal. 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker