20 de setembro de 2022

Seminário de Angra inicia novo ano lectivo amanhã com apenas dez alunos

“Nós estamos com o número mais baixo de alunos de que há memória- dez alunos repartidos por três turmas do segundo, quarto e sexto anos. É, por isso, um momento de reflexão pois trata-se do segundo ano seguido sem novos alunos e isto deve constituir um sinal para a diocese” avança o reitor, padre Hélder Miranda Alexandre.
“É preciso fazer mais pela pastoral vocacional, cada um nas suas comunidades, para se ver como se pode dar a volta a isto”, enfatiza lembrando que a questão da falta de vocações haveria de chegar mais tarde ou mais cedo aos Açores.
“O decréscimo da participação religiosa, no geral, já nos dava esta indicação e por isso era uma questão de tempo” refere o responsável que não deixa, contudo, de sublinhar que “é preciso arregaçar mais as mangas e fazer mais pelas vocações”. No entanto, alerta, “temos de esperar pela chegada do novo bispo para em conjunto se refletir e tomar as decisões mais adequadas”. E, lembra: “este é um projecto de toda a igreja diocesana e não só de alguns”.
Prossegue também este ano o segundo da formação de diáconos permanentes.
O Seminário Episcopal de Angra foi inaugurado no dia 9 de Novembro de 1862 no Convento de S. Francisco de Angra, passados 328 anos da fundação da Diocese. Dava-se assim cumprimento à norma tridentina e ao desejo do clero quanto à fundação de um Seminário nesta Diocese.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker