Turistas e Festa Branca foram algumas das palavras mais em voga no Verão

Menos movimento de turistas deixam comerciantes expectantes em relação aos próximos meses

Turistas e PDL White Ocean foram algumas das palavras mais em voga no Verão de 2022. Entretanto, por estes dias já se nota menos movimento nas ruas de Ponta Delgada, e esta realidade leva-nos a tentar perspectivar como serão os próximos meses e foi isso que fomos inquirir junto de alguns dos nossos comerciantes.

Este Verão superou os anos anteriores

António Grelo,
57 anos de idade
Loja Feitiços,
na Rua dos Mercadores

Como foi o Verão em termos de vendas e presença de turistas?
“O turismo vem muito, em quantidade e observamos muita gente. Há mesmo muito movimento nas ruas e este Verão superou mesmo os anos anteriores”.

A festa branca (PDL White Ocean) foi um evento marcante?
“A festa branca é sempre uma mais-valia, tanto é que ficamos abertos até mais tarde, mas optamos depois por fechar. Podíamos continuar a vender, porque vendemos artigos específicos e funciona perfeitamente. Acho que até é uma noite em que estão todos em paz e é muito engraçado”.

Como vão ser os próximos meses?
“Não consigo perspectivar o que é que aí vem, porque no Verão trabalhamos muito e agora não sabemos como vão ser os próximos meses. A maior parte dos turistas já cá não estão, e nos meses de Junho e Julho, principalmente os continentais eram muito poucos, porque sabemos que são eles quem mais compram e gastam sempre dinheiro nas férias”.

As vendas foram muito boas

Milton Bernardo,
39 anos de idade
Príncipe dos Queijos,
na Rua dos Mercadores

Como foi o Verão em termos de vendas e presença de turistas?
“O Verão foi excelente, as vendas foram muito boas e tivemos turistas de quase todas as nacionalidades. Espero que o fluxo de fregueses continue, com um decréscimo que sempre acontece nesta altura do ano, mas se continuasse era bom”.

A festa branca (PDL White Ocean) foi um evento marcante?
“O Príncipe dos Queijos manteve-se aberto até às 19h30 e as vendas nesse dia foram por demais. Quanto à festa, é um acontecimento marcante que traz milhares de pessoas a Ponta Delgada”

Como vão ser os próximos meses?
“Em termos de perspectivas, quero crer que alguns turistas possam aparecer nos próximos meses, mas com o aumento dos preços em quase todos os sectores, fica alguma dúvida. De qualquer forma estou optimista, porque os turistas são uma grande alavanca para a nossa economia”.

Setembro e Outubro são meses mais calmos

Tiago Sá,
35 anos de idade
Londrina,
Largo Vasco Bensaude

Como foi o Verão em termos de vendas e presença de turistas?
“O Verão foi muito bom não só em termos de vendas, como também ao nível de presença de turistas. A cidade esteve sempre bastante movimentada e quase nem se via alguém conhecido, só lá de vez em quando”.

A festa branca (PDL White Ocean) foi um evento marcante?
“A festa branca é sempre um bom evento, ajuda a dinamizar a cidade e a ilha, porque já não é só a cidade e milhares de pessoas de quase todas as freguesias de São Miguel vêm para Ponta Delgada e é uma noite extraordinária. Muita gente quer participar na festa e compram roupa branca”.

Como vão ser os próximos meses?
“Setembro e Outubro são meses mais calmos, porque também já começou o ano lectivo e os pais gastaram muito dinheiro com artigos escolares. De qualquer forma, estou optimista, porque depois também vem a quadra natalícia”.

Já se nota uma grande quebra

Nélia Mota,
41 anos de idade
Bijou Brigitte,
Rua António José d’Almeida

Como foi o Verão em termos de vendas e presença de turistas?
“O Verão foi excelente, tivemos muito movimento com a presença de muitos turistas de quase toda a parte do mundo, europeus, norte-americanos e asiáticos, que compravam de tudo um pouco”.

A festa branca (PDL White Ocean) foi um evento marcante?
“No Sábado, na festa branca mantivemo-nos abertos até às 19h00, no horário normal, mas em termos de vendas, os anos anteriores foram bem melhores do que este ano. O movimento sentiu-se mais na rua”

Como vão ser os próximos meses?
“Encaramos os próximos meses com algum optimismo, mas já se nota uma grande quebra este mês em termos de movimento de turistas nas ruas e na loja. O futuro é incerto, as pessoas estão receosas, foi a pandemia depois veio a guerra e não sabemos o que aí vem”.

 

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker