Homem rouba 13 mil euros em dinheiro e pega fogo à casa na cidade da Lagoa

 A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal dos Açores, procedeu à identificação e detenção de um homem, por fortes indícios da prática dos crimes de incêndio e de furto qualificado, ocorridos na cidade da Lagoa.
O detido, aproveitando-se das funções de pintor de construção civil, entrou, pela janela, numa moradia, de onde subtraiu uma quantia de, aproximadamente, 13.000 euros em dinheiro.
Após a apropriação do dinheiro, o arguido incendiou a residência, utilizando a chama direta do seu isqueiro, com o propósito de eliminar os vestígios do delito precedente.
As diligências imediatas de investigação permitiram apreender o produto do crime de furto qualificado.
O detido, com 32 anos de idade e com antecedentes criminais, foi presente às autoridades judiciárias competentes, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.
 

PSP apreendeu cinco armas
durante o mês de Setembro

 A PSP, através do Núcleo de Armas e Explosivos, do Comando Regional da PSP dos Açores, durante o mês de Setembro de 2022, apreendeu cinco armas de fogo, tipo espingardas.
As armas apreendidas encontravam-se na posse dos seus proprietários, fora das condições previamente estabelecidas para a segurança destas, conforme o regime jurídico das armas e suas munições para o acautelamento das mesmas. Desta acção, resultou ainda na entrega de mais 6 armas de fogo, cinco espingardas e uma pistola, perdidas a favor do Estado, pelo facto dos seus proprietários não pretenderem dar continuidade ao seu uso e porte.
As acções de fiscalização integram a estratégia operacional do Comando Regional da PSP dos Açores e visam o controlo de armas de fogo e a verificação dos requisitos legais para o seu uso e porte ou detenção.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker