Dois suspeitos de tráfico de grandes quantidades de droga em Rabo de Peixe detidos pela PSP

O Comando Regional dos Açores, através da Esquadra de Investigação Criminal de Ponta Delgada deteve dois suspeitos, de ambos os sexos, na vila de Rabo de Peixe, fortemente indiciados da prática do crime de tráfico de estupefacientes.
No seguimento de várias denúncias reportadas às autoridades que apontavam para a existência de venda de droga a vários consumidores de substâncias ilícitas numa residência localizada em pleno centro da vila de Rabo de Peixe, foram desenvolvidas diversas diligências por parte dos investigadores da Brigada Anticrime da PSP que permitiram a recolha de vários elementos de prova, consolidando as suspeitas quanto à possível existência de uma célula de tráfico implantada naquele local.
Com base nas diligências realizadas pelos investigadores, e em articulação com a Equipa de Intervenção Rápida e polícias afectos à Força Destacada da Unidade Especial de Polícia na vertente de busca e detecção de drogas, foi efectuada uma busca domiciliária à residência dos suspeitos, da qual viria a resultar a detenção em flagrante delito do agregado familiar, decorrente dos sustentáveis indícios que apontam para a venda de droga desenvolvida em conjunto por ambos os suspeitos.
No decurso das buscas foram apreendidas várias dezenas de doses individuais de heroína, droga sintética, quantias monetárias, entre outros objectos relacionados com o crime sob investigação.
Os arguidos, presentes à Autoridade Judiciária competente, ficaram sujeitos a apresentações periódicas obrigatórias.
O Comando Regional da PSP dos Açores destaca os resultados operacionais alcançados em mais uma investigação relacionada com tráfico de estupefaciente, revelando-se “um importante contributo para a estratégia conjunta prosseguida por várias entidades oficiais tendo em vista a contenção, prevenção e erradicação do consumo deste tipo de substâncias ilícitas”.
Entretanto, o Comando Regional da Polícia da Segurança Pública dos Açores, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, promove a Operação Policial Pégasus I, no período de amanhã a 13 de Novembro de 2022, com incidência em toda a sua área de jurisdição que abrange todas as ilhas do arquipélago, atendendo que todas estão dotadas de aeroportos ou aeródromos, por constituírem infra-estruturas críticas, as quais merecem especial atenção por parte da PSP.
 Na execução desta operação será empenhado todo o dispositivo policial afecto às várias subunidades, na prossecução de diversas acções planeadas.
Tendo em conta as competências exclusivas e especiais que a PSP assume , são “prioridade de estratégia a execução de operações policiais planeadas e direccionadas para as áreas de intervenção, nomeadamente em matéria de controlo de explosivos, armas e munições, segurança privada e segurança aeroportuária”.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker