Serviço Regional de Saúde dos Açores com quatro projectos na final do Prémio de Boas Práticas em Saúde

O Serviço Regional de Saúde (SRS) dos Açores colocou quatro projectos na final do Prémio de Boas Práticas em Saúde, de um total de cerca de 250 projectos candidatos, oriundos de todas as regiões do continente, e das regiões autónomas. Passaram 13 à fase final, sendo que entre os finalistas ficaram três projectos do Serviço Regional de Saúde dos Açores na categoria de Melhor Projecto e um na categoria de Melhor Poster Científico.
A Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel colocou dois projectos na categoria de Melhor Projecto, no âmbito da Integração de Cuidados de Saúde e Respostas de Proximidade: um tem o título “PROJECTO BaLanSa – Bares e Lancheiras Saudáveis” e o outro “Equipa de Saúde Escolar da USISM: Experiência de Intervenção em Contexto Escolar na Ilha de São Miguel”.
Também o Centro de Oncologia dos Açores (COA), colocou entre os finalistas o projecto “Programa de Intervenção no Cancro da Cavidade Oral nos Açores (PICCOA)”.   
No âmbito das organizações de saúde “verdes”, a Unidade de Saúde da Ilha Graciosa viu o projecto “Black Box- A caixa da verdade (Higiene das mãos)”, no lote de finalistas na categoria de Melhor Poster Científico.
O Secretário Regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses, manifesta “satisfação e orgulho” por ver quatro projectos do SRS na lista final de finalistas e sublinha a importância deste prémio “pelo reconhecimento nacional e internacional dos projectos, desenvolvidos com rigor e eficácia, a favor dos utentes”.
“Colocar quatro projectos numa lista nacional com 13 finalistas, é a prova do empenho, da dedicação e da competência dos profissionais do SRS, que implementaram estes c em benefício das respectivas comunidades de ilha, ou no todo regional”, frisou Clélio Meneses.
O Prémio de Boas Práticas em Saúde é promovido desde 2006 pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar, tendo por base potenciar o nível de saúde das populações e atender às necessidades e expectativas dos cidadãos.
O prémio é hoje uma marca nacional registada, amplamente reconhecida pelos serviços de saúde em todo o território nacional, reconhecida internacionalmente, mas sobretudo representa um símbolo da capacidade mobilizadora dos profissionais de saúde e do sector social, que se articulam com a saúde, expressa nas dezenas de projectos candidatos ao prémio anualmente.

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker