Réplica da Igreja do Senhor Santo Cristo e de Natal de Ricardo Moreira inaugurados no Domingo

A réplica da Igreja do Senhor Santo Cristo e Presépio 2022 do artesão Ricardo Moreira vão ser inaugurados no próximo Domingo, dia 18 de Dezembro.
O evento é só no Domingo aberto ao público em geral, mas depois estará restrito a amigos e familiares, o que não quer dizer que depois não possa ser visitado por qualquer pessoa, bastando para isso validar a presença, por marcação, através da rede social Facebook.
A inauguração será às 15h30, na Rua António Sérgio de Sousa, 28, no Pico da Pedra, mas a exposição estender-se-á até às 19 horas.
“Que melhor lugar para o fazer, cá em casa inserida no Presépio deste ano, onde tentarei reproduzir o Campo de São Francisco com a igreja iluminada com cerca de 2000 lâmpadas e a respectiva procissão, para além das restantes componentes do Presépio”, comenta Ricardo Moreira.
Ricardo Moreira já expõe o seu Presépio de Natal da família desde 2015, nos actuais moldes, ou seja, com casas e estruturas que faz.
Este ano, a novidade é a inauguração da Igreja do Senhor Santo Cristo iluminada com cerca de 2000 lâmpadas, num Presépio onde estará representado a festa, a procissão e o Campo de São Francisco.
Ao todo estarão expostas cerca de 60 peças, onde não faltarão moinhos, oficinas, casas, igrejas e outras estruturas típicas das vivências açorianas.
O Presépio ainda não está totalmente montado, mas segundo Ricardo Moreira, “normalmente demora uma semana para que tido esteja operacional” e é preciso reter que o Presépio “chega à fasquia dos 12 metros quadrados”.
O Presépio de Ricardo Moreira tem vindo a melhorar de ano para ano, o que representa centenas horas de trabalho, para não dizer milhares, e muita dedicação para construir de raiz as largas dezenas de figuras e outras tantas réplicas fiéis às originais, que dão vida a esta espectacular iniciativa.
Sem levantar muito a ponta do véu, quanto a outros trabalhos que tem em mente, Ricardo Moreira apenas disse ainda que “está já a focar-se na construção de uma outra réplica de uma igreja do Concelho do Nordeste”.
Este artesão tem construído réplicas de monumentos e figuras desde 2015, e deverá já ter “mais de 50 estruturas feitas”. Curiosamente, em termos de Igrejas, algumas delas foram adquiridas por particulares, porque são minuciosamente construídas com detalhes perfeitos como os originais.
São horas de muita dedicação, sempre em horário pós-laboral e fins-de-semana, inclusivamente.
No passado mês de Agosto, Ricardo Moreira expôs na Biblioteca Pública da Junta de Freguesia da Fajã de Baixo.
Denominada “Réplicas de Memória”, objectivamente foram 12 as peças que estiveram em exposição, entre elas, a casa do guarda do Serrado dos Bezerros, uma casa típica dos Açores, um fontenário, um triatlo do Espírito Santo, uma réplica da Fábrica de Chá da Gorreana e outra da Fábrica das Lombadas (ruínas), sem esquecer as igrejas, nomeadamente a Igreja de Nossa Senhora da Oliveira (Fajã de Cima), a Igreja de São Sebastião (Ginetes), a Igreja de Jesus, Maria e José (Várzea) e a Capela de Nossa Senhora das Vitórias (Lagoa das Furnas).

Marco Sousa

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker