Câmara da Ribeira Grande cede terrenos para a construção de 50 habitações sociais em Rabo de Peixe e Santa Bárbara

O Executivo camarário da Ribeira Grande, liderado por Alexandre Gaudêncio, deliberou, por unanimidade, na última reunião de Câmara realizada na passada Quinta-feira, a cedência de terrenos para a construção de moradias sociais unifamiliares. Em nota de imprensa, a autarquia explica que o acordo será celebrado com a Cooperativa de Habitação Nossa Vila, Nossa Casa CRL, que ficará encarregue do processo de selecção e atribuição dos respectivos lotes para as construções a edificar.
Para o Presidente da autarquia, Alexandre Gaudêncio, “o acesso à habitação digna é um dos nossos desígnios. Embora com recursos escassos para atendermos a todas as solicitações, tudo faremos para ir ao encontro daqueles que precisam de uma habitação própria”.
A Câmara Municipal da Ribeira Grande identificou a necessidade de quinhentas novas habitações no concelho, para fazer às necessidades reconhecidas no âmbito da estratégia local de habitação, documento que se encontra em fase de parecer por parte do IHRU – Instituto da Habitação e da reabilitação Urbana, e que irá permitir avançar com as candidaturas a fundos comunitários para a construção de novas habitações.
“Apesar de aguardarmos pelo parecer (do IHRU), quisemos avançar com cedência destes lotes, para que as famílias abrangidas possam iniciar o seu processo de licenciamento no mais curto espaço de tempo”, referiu Gaudêncio, fazendo menção a que os lotes, localizados nas freguesias de Santa Bárbara e Rabo de Peixe, irão permitir a construção de cinquenta novas habitações.
Recorde-se que a autarquia já havia cedido um terreno na zona das Quintas do Mar, em Rabo de Peixe, para a construção de dezasseis novas moradias, processo que já se encontra licenciado.

 

Print
Autor: CA

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker