26 de junho de 2018

Açoriana bicampeã pelo Sporting

A equipa de juniores femininas do Sporting Clube de Portugal sagrou-se, domingo, bicampeã nacional ao eliminar, na segunda mão, a formação AJE Hernâni Gonçalves, por 6-1, no Estádio Aurélio Pereira. A principal responsável por guiar as leoas rumo ao título, pela segunda vez consecutiva, segundo sublinha o jornal do Sporting, é a treinadora açoriana Mariana Cabral. “Têm sido duas épocas muito boas. Temos aqui jogadoras de excelência. Tenho de aproveitar este momento para dizer uma coisa que, como ganhámos, posso dizer à vontade: Trocava este título e todos os outros três que ganhámos nacionais, até agora, pela possibilidade destas jogadoras poderem jogar futebol de 11. Temos aqui atletas fantásticas que podiam ser do melhor do mundo, com muita qualidade. A evolução delas está a ser atrasada devido a um formato competitivo de um campeonato que é muito fraco”, lamentou a mister em declarações ao jornal do clube. Enaltecendo as condições providenciadas pelo Sporting Clube de Portugal, a técnica leonina responsabiliza-se por atribuir, às atletas, dificuldades para que cresçam. “É óptimo trabalhar aqui, temos jogadoras fantásticas e sabemos que têm potencial e qualidade. Se jogarem mostram a sua qualidade. Só precisam de ter jogos nas pernas, jogos difíceis, para crescerem e mostrarem todo o seu potencial. Agradeço imenso ao Sporting CP termos tido este jogo aqui, onde não costumamos jogar. O facto de jogarmos aqui é bom porque lhes cria dificuldades emocionais. Num grande campo e na televisão”, afirmou. Para terminar, um agradecimento. “É um prazer muito grande ter o apoio destas pessoas porque sabemos que é difícil chegar à Academia. Fazem um esforço para nos ajudar e foi um bom jogo. Os adeptos estão sempre connosco em qualquer sítio”. Mariana Cabral, jornalista no semanário Expresso, é natural do Pico da Pedra, ilha de S. Miguel.
Print

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker