Superintendente Furtado Dias lança amanhã livro no Liceu Antero de Quental

O superintendente Jorge Furtado Dias lança, amanhã, 1 de Junho 8, pelas 21h00, na Biblioteca da Escola Secundária de Antero de Quental, o seu livro “O que ninguém diria…”, apresentado por Susana Goulart Costa, numa iniciativa da Associação de Antigos Alunos do Liceu Antero de Quental, aberta ao público. Nesta obra autobiográfica, Jorge Furtado Dias atravessa uma parte da história dos séculos XX e XXI, pontuando-a com os acontecimentos da sua vida pessoal, familiar e profissional. Como escreve Susana Goulart Costa, que também assina o prefácio, “esta é uma obra verídica, que traduz a visão duma pessoa sobre um passado, que reflecte uma geração, uma ilha e um país”. Neste seu segundo livro, Jorge Furtado Dias partilha com os leitores a sua vivência de jovem estudante do Liceu Antero de Quental, a sua experiência de militar, como oficial, na Guerra Colonial e o seu percurso como Comandante Regional da PSP, nos Açores, acompanhando o processo de consolidação da autonomia regional, ao mesmo que escreve sobre os acontecimentos que marcaram a sua vida pessoal, desde o casamento por correspondência, até ao nascimento dos filhos. O superintendente Jorge Furtado Dias nasceu em Ponta Delgada, a 25 de Setembro de 1942, em plena II Guerra Mundial, frequentou a escola primária de São José, na Praça 5 de Outubro e ingressa no Liceu Nacional de Ponta Delgada, mais tarde, Liceu Antero de Quental. É oficial do Exército Português e foi Comandante Regional dos Açores da PSP, força de segurança em que prestou serviço durante 23 anos.
Print

Categorias: Regional

Tags:

Theme picker