9 de maio de 2018

Já se está no fim... Mas até que enfim

O Desportivo de São Roque redimiu-se das duas estrondosas goleadas sofridas nas duas jornadas anteriores, com 17 golos consentidos, ao vencer, em São Miguel, por 4-1, o Sporting de Espinho. A equipa campeã júnior de São Miguel e dos Açores tinha até sábado oito derrotas em oito jogos, com 6 golos marcados e 29 sofridos na zona Norte da segunda fase da 2.ª nacional. Preparava-se para se juntar ao Salão com a pior prestação em 14 anos de presenças nesta fase que apura três clubes para a 1.ª divisão. A equipa faialense, em 6 jogos na época de 2011/12, não somou qualquer ponto. Mas ainda foi a tempo de se livrar de uma prestação muito negativa. Já não era sem tempo. Depois de uma primeira parte sem golos, o Desporitvo de São Roque marcou 4 golos na segunda parte. Diogo Moty (56m e 69m), Miguel Ventura (67m), Paulo Cruz (79m na própria baliza) foram os autores. O Sporting de Espinho, que ao perder ficou sem hipóteses de chegar ao 3.º lugar e com isso ser promovido, marcou aos 81m, de grande penalidade, por André Pinhal. O Desportivo de São Roque termina a participação jogando na tarde de sábado no campo do Merelinense. Resultados da 9.ª jornada: Desportivo S. Roque-Sp. Espinho, 4-1; Beira Mar-Feirense, 1-1 e Freamunde-Merelinense, 1-1. Classificação: 1.º Feirense, 22 pts; 2.º Freamunde, 17; 3.º Beira-Mar, 14; 4.º Merelinense, 11; 5.º Sp. Espinho, 10 e 6.º Desportivo S. Roque, 3 pts.
Print

Categorias: Desporto

Tags:

Theme picker